Ladainhas With Variations – 2023

30,00

Category:

Description

From Singing to Playing

Along our journey, we have learned countless variations and toques. Many were lost or fell into oblivion along the way because at one point they didn’t make sense anymore or there was no occasion left to perform them. The purpose of this work is to recover some of the variations that most of us have learnt since the beginning of our capoeira journey and along the way, adding new variations and a combination of singing and playing. Just as in candomblé music, which provides a strong marriage between singing, playing and dancing, which happens as a conversation between each element part of the ritual, our musical research seeks to recover this same dynamic within the capoeira ritual; the roda. Thus, the short format of the ladainhas found in the course, according to the taste and practice of mestre Ananias, in the musical lineage of old masters such as Cabecinha, Gato Preto, Traíra and also Bimba, allows this relationship between variation and siging to be developed, and the variation then becomes a tool for dramatisation, for emphasis, and finally for valorisation of the singing both in the melody and in the meaning itself. From then on, in an attempt to stimulate everyone’s musical practice, each one uses their own creativity and tries to develop their own variations, their own way of fitting the music to the toque, and so the roda, the bateria, the capoeira ritual becomes stronger because it is composed of more people trying to understand how marrying the playing and the singing generates a ritual (roda) more intense and powerful, bringing us closer to a trance experience. Capoeira does not need to create something, the study, repetition, the search for forgotten elements of the legacy left by the old masters, brings all the material / basis to develop the art of improvisation.

 

The course

The ladainha in capoeira brings a little of the experience, of the events of life and of the capoeira roda itself, it has a function of comment, of warning, to tell a metaphorical story or not, with double meaning or not, providing an immense variety of possibilities. The course seeks to connect the singing, the phrases of the ladainhas with the variations of the berimbau at dierent moments of the music, with emphasis on the notes of the singing that will insist on the feeling, on the question, on the challenge that the lyrics of the music contain. You will find 5 authorial ladainhas, and 2 variations for each, with a total of 10 variations in the whole course. Check out the fifth ladainha, along with a variation from our album Vadiando no Vale dos Orixas, the track Mukulu. And as a bonus, an extra video on varying and singing on the pandeiro.
 
Very happy to be able to share something that for me, is a great dream thanks to all.
 
Marcelo Finco

 
 
 
 
Da Ladainha ao Toque

Ao longo da caminhada de cada um, aprendemos inúmeras variações e toques.
Muitas se perderam ou caíram no esquecimento, no caminho pois de repente não faziam
sentido ou não tinha ocasião para executa-las.
A proposta deste trabalho é resgatar algumas variações que a maioria de nós aprendemos
desde o inicio na nossa caminhada de capoeira e ao longo dela, acrescentando com novas
variações e com uma junção do canto ao toque.
Assim como na musica do candomblé, que proporciona um casamento forte entre o canto, o
toque e a dança, que acontece como uma conversa entre cada elemento que componha o
ritual, essa pesquisa musical procura buscar e resgatar essa mesma dinâmica dentro do ritual
da capoeira; a roda. Assim, o formato curto das ladainhas que se encontra no curso, conforme
ao gosto e pratica do mestre Ananias, na linhagem musical de mestres antigos tal como
Cabecinha, Gato Preto, Traíra e também Bimba, permite desenvolver essa relação entre variação
e canto, e a variação se torna então uma ferramenta de dramatização, de enfatização, e
finalmente de valorização do canto tanto na melodia quanto no sentido em si.
A partir dai, procurando estimular a pratica musical de todos, cada um entre com sua própria
criatividade e busca desenvolver as próprias variações, o próprio jeito de encaixar a musica no
toque, e assim a roda, a bateria, o ritual da capoeira se torna mais forte porque composto de
mais pessoas buscando entender como o casamento do toque e do canto gera um ritual (roda)
cada vez mais intenso e poderoso, nos aproximando de uma experiência de transe.
A Capoeira não tem a necessidade de se criar algo, o estudo, repetição, a busca pelos
elementos esquecidos do legado deixado pelos mestres antigos, traz tudo o material/base pra
desenvolver a arte de improvisar.

 

O curso

A ladainha na capoeira traz um pouco da experiência, dos acontecimentos da vida e da própria
roda da capoeira, ela tem uma função de comentário, de aviso, contar uma história metafórica
ou não, com duplo sentido ou não, proporcionando uma imensa variedade de possibilidades.
O curso procura conectar o canto, as frases das ladainhas com as variações do berimbau em
diferentes momentos da música, com ênfase nas notas do canto que vão insistir no sentimento,
na pergunta, no desafio que tem na letra da musica.
Vocês vão encontrar 5 ladainhas autorais, e 2 variações pra cada, com um total de 10 variações
no curso inteiro.
Confira a quinta ladainha, junto com uma variação do nosso álbum Vadiando no Vale dos Orixas,
a faixa Mukulu.
E em bônus um vídeo extra sobre variar e cantar no pandeiro.
 
Muito feliz em poder compartilhar algo que pra mim, é um grande sonho grato a todos.
 
Marcelo Finco

Reviews

There are no reviews yet.

Be the first to review “Ladainhas With Variations – 2023”

Your email address will not be published. Required fields are marked *